12.6.11

TANGRAM QUADRADO, OVAL E REDONDO

ATIVIDADE COM AS PEÇAS DO TANGRAM



01 – Responda as questões de acordo com a figura ao lado.


História do Tangram
Slide 2
Existem várias lendas sobre a origem deste jogo. Uma delas conta que um chinês deixou cair no chão um pedaço de espelho, de forma quadrada, o qual se quebrou em sete pedaços. Para sua surpresa, com os cacos do espelho, ele poderia dar origem a várias formas conhecidas como animais, plantas, pessoas, objetos, letras, números, figuras geométricas, entre outras.
Slide 3
Uma outra história do tangram diz que foi inventado por um homen enquanto tentava consertar os bocados quebrados de um azulejo de porcelana , o nome do home era Tan. Temos como primeira publicação do Tangram, na China, em 1813.Na Europa e na America durante o século XIX vemos um grande interesse por esse jogo.
Slide 4
Sam Loyd escreveu em 1903 "The Eighth Book of Tan-O oitavo livro de Tan". Afirmando que este quebra-cabeça fora inventado há 4.000 anos pelo Deus Tan. Mas o que realmente se sabe é que o tangram é um quebra-cabeça chinês e que hoje esse jogo milenar tem atraído muitos, tanto para entretenimento como para auxilio em conceitos matemáticos.
Slide 5
Luciana Gomes Ribeiro Embu - junho de 2009.

a) Quantas peças tem o Tangram?

b) Quantas peças são triangulares?

c) Quantas peças são quadriláteros?

d) Quantas peças são paralelogramos?



02 – Separe as peças do Tangram em grupos, de modo que em cada grupo todas as peças tenham o mesmo número de lados.

a) Em quantos grupos foi possível separar todas as peças?

b) Qual o nome que se dá às figuras de cada grupo?


03 – Brincando com as peças do Tangram, forme de acordo com as ordens da tabela.

Número de peças
Figuras
a) 2 Dois paralelogramos diferentes
b) 3 Um retângulo
c) 4 Dois paralelogramos diferentes
d) 5 Um trapézio

Tangram
Conta-se que um dia, na China à 4000 anos, o Imperador Tan partiu o seu espelho quadrado quando o deixou cair ao chão. O espelho partiu-se em sete bocados. Tan, apesar de um pouco aborrecido com a perda do espelho, descobriu uma forma de se entreter, foi construindo figuras e mais figuras usando sempre as sete peças, sem as sobrepor. Assim se pensa ter aparecido o conhecido puzzle chinês, Tangram.
Este puzzle também conhecido pela "placa das sete astúcias", possibilita a construção de diversas figuras partir de sete polígonos muito simples.
Construção do Tangram


Para obter um Tangram basta decompor um quadrado tal como mostra a figura:
Com esta decomposição obtém-se sete polígonos, cinco triângulos, um quadrado e um paralelogramo. Esta construção foi feita de forma a que:
AF=FB=ED
DI=IH=GB
O Tangram também pode ser obtido por simples dobragem de um quadrado de papel, como se pode afirmar na figura seguinte. 

Composição de figuras usando o Tangram
A decomposição e composição de figuras geométricas constituem uma actividade lúdica e permitem um melhor conhecimento das suas propriedades e das relações entre os seus elementos. De seguida são apresentadas algumas imagens construídas com as sete peças do Tangram.




FIGURAS COM AS PEÇAS DO TANGRAM


Origem do tangram

O tangram é um quebra-cabeça chinês, de origem milenar. Existem várias lendas sobre a origem deste jogo. Uma delas conta que um chinês deixou cair no chão um pedaço de espelho, de forma quadrada, o qual se quebrou em sete pedaços. Para sua surpresa, com os cacos do espelho, ele poderia dar origem a várias formas conhecidas como animais, plantas, pessoas, objetos, letras, números, figuras geométricas, entre outras.

O objetivo deste jogo é utilizar as sete peças, sem sobreposição, para montar uma determinada figura.

A referência mais antiga é de um painel em madeira, de 1780, de Utamaro com a imagem de duas senhoras chinesas a resolver um tangram. A mais antiga publicação com exercícios de tangram é do início do século XIX. Em chinês, o tangram é conhecido como Ch i ch iao t u, ou as Sete Peças Inteligentes.

Existe uma enciclopédia do Tangram, escrita por uma mulher, na China, há mais de 100 anos, em seis volumes com 1700 problemas de Tangram.




Vamos conhecer as peças que formam o tangram?
O tangram é formado por:

• 2 Triângulos grandes







• 2 Triângulos pequenos






• 1 Triângulo médio• 1 Quadrado• 1 Paralelogramo





Veja algumas figuras que podem ser formadas com essas peças:



Homem
Coelho
Cisne






Barco
Peixe
Bruxa
Gato


Agora observe o tangram formado apenas com os triângulos grandes como ficaria:






Como cabem 4 triângulos grandes dentro do quadrado, dizemos que cada um dos triângulos representa 1do quadrado.

Tangram oval





Com o uso do tangram você pode trabalhar a identificação, comparação, descrição, classificação e desenho de formas geométricas planas., visualização e representação de figuras planas, exploração de transformações geométricas através de decomposição e composição de figuras, compreensão das propriedades das figuras geométricas planas, representação e resolução de problemas usando modelos geométricos. Esse trabalho permite o desenvolvimento de algumas habilidades tais como a visualização, percepção espacial, análise, desenho, escrita e construção.

Se utilizado em terceiras e quartas séries pode envolver ainda noções de área e frações.


Este é o Tangran Clássico:


Tangran Oval
O Tangram oval também conhecido por ovo mágico ou ovo de Colombo, tal como o Tangram clássico, propõe a construção de inúmeras figuras a partir de nove de peças com bordas curvas, e cujo objetivo era formar 95 figuras diferentes.




Com o Tangran clássico formamos variadas figuras...


Pessoas
Animais


Números
Alfabeto


Construção do Tangram


1.A partir de um Quadrado, ABCD, traça-se a sua diagonal
DB, marca-se o seu ponto médio O e traça-se uma perpendicular
a DB em O passando por A.
2.marca-se os pontos médios, M de DO e N de OB.
3.Marca-se os pontos médios, P de DC e Q de CB. Traça-se
 o seguimento PQ e marca-se o seu ponto médio R



Exemplos



   Esta atividade proporcionará a integração de varios conteúdos da geometria.Veja:
      1.Figuras geometricas : sólidos geometricos, regiões planas, contornos;
      2.vértice, aresta e face;
      3.Retasparalelas e concorrentes;
      4.Seguimentos e semi-retas;
      5. Ângulos retos, agudo, obtuso e raso;
      6.Ângulos complementares, suplementares e opostos pelo vértice;
      7.Ângulos formados por retas paralelas cortadas por uma trans versal.
      8.Etc...
 
    Construa o tangram CORAÇÃO a partir de sua peça quadrada. materias necessários: lápis e borracha, esquadros, compasso. Atenção aos comandos:


    1) Prolongue os seguimentos EC e EA totalizando 5 cm cada.
    2) Abra o compasso em 2,5 cm e com o centro no vértice A, trace meia circunferência iniciando
         no ponto E e achará o ponto F na outra extremidade da meia circunferência.
    3) Faça o mesmo com o vértice C e achará o ponto H na outra extremidade da meia circunferência.
    4) Com a régua nos vertices E e D trace  um seguimento de reta de 4 cm a partir do vértice D,
         encontrando o ponto M.
    5) Una os pontos H e M, M e F.
    6) Trace um seguimento paralelo a DM partindo do vértice A e encontre o ponto P.
    7) Prolongue os seguimentos DC até à circunferência e encontre o pontoR.
    8) Faça o mesmo com seguimento DA e encontre o ponto S.
    9) Trace um seguimento de reta perpendicular a AP partindo do vertice A e encontre o ponto X.

                  Seu TANGRAM  de CORAÇÃO está pronto para ser recortado e trabalhado!

Conteúdos:- Múltiplos e divisores de um número natural;
- Números primos.

Objetivos:
- Saber reconhecer os múltiplos e divisores de um número natural;
- Entender o conceito de números primos;
- Resolver problemas procurando seus dados alguma regularidade que permita sua resolução, quando possível.

Habilidades:
- Raciocínio lógico;
- Resolução de problemas;
- Integração.

Metodologia:
O desafio pode ser apresentado como atividade, em que o professor vai observar conhecimentos prévios em relação ao conteúdo proposto. Ou após a explicação como atividade de fixação.
Poderá ser resolvido em dupla, para que haja melhor integração entre os alunos.

JOGO

TANGRAM CORAÇÃO PARTIDO



Conteúdo:
- Polígonos.

Objetivos:- Identificação de diferente polígonos;
- Associação da Geometria como forma de desenvolver o gosto pela matemática.

Habilidades:- Criatividade;
- Análise;
- Observação;
- Classificação.

Metodologia:
O Tangram coração partido é um quebra-cabeça que possibilita as mais diversas atividades. Ele explora a coordenação motora, envolvendo relações entre parte de uma figura e sua totalidade, assim como sua composição.
É muito importante que os alunos tenham oportunidade de manipular as peças desse quebra-cabeça. Para isso, com as peças embaralhadas o professor deve orientá-los a remontar e depois criar algumas figuras usando todas as peças.


8 comentários:

  1. Anônimo19/8/11

    Adorei, vou fazer em borracha para desafiar meus alunos. Ana d'Azevedo
    anadazevedopsi@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Anônimo14/9/11

    muito bom!
    gostei muito, pois existem vários tipos desse jogo sensasional!

    valeu!

    ResponderExcluir
  3. professora .
    Esse seu blog é ótimo .
    Encontrei tudo sobre tangram , para trabalhar com os meus alunos . Além do tangram , percebi sua beleza , na entrada do blog . Como vc é bonita, Com todo respeito .
    Um abração . E obrigado pela ajuda .
    email: edscavalera@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA, USE A VONTADE.FIQUEI FELIZ COM O COMENTÁRIO! KKKKKK BJS

      Excluir
  4. Anônimo23/3/12

    professora sou aluno,adorei seu blog hoje estudei tangram na escola fiz um gato só eu consigui fazer um kkkkk

    ResponderExcluir
  5. essas coisas são muito legais .Eu tenho que fazer um trabalho de escola fazendo figuras com trangram eu to procurando alguns exemplos para eu fazer................

    ResponderExcluir
  6. DEUS A ABENÇOE ME AJUDOU MUITO...

    ResponderExcluir

Adoro ler seu comentário! Beijos!

Eu sou Lúcia Martinelli

Minha foto

Eu sou Lúcia Martinelli, nasci em 28.06. Sou filha de Cândido Martinelli e Maria Grando, estudei em Passo Fundo RS, nas escolas Alfredo Pujol, Notre Dame, Joaquim Fagundes dos Reis e Cursei o 2º grau no Colégio Bom Conselho e o ensino superior na Universidade de Passo Fundo e fiz Pós –Graduação em Alfabetização Construtivista na UPF com o GEEMPA e conclui 1989. Hoje moro em Balneário Camboriú e estou fazendo todas as leituras que gostaria de ter feito e não tinha tempo para faze-las. Estou amando!

 

Trabalhei na Faculdade de Odontologia da UPF e fui secretária e auxiliar odontológico.

Exerci a função do magistério na rede particular de ensino, no Colégio Notre Dame por onde me aposentei e na rede municipal nas escolas Vidal Colussi, Fundação Educacional do Menor, UPF em Assessoramento Construtivista, Notre Dame Municipal e Antonino Xavier, onde me aposentei. Aleluia!!!

Trabalhei em turmas pela ordem dos acontecimentos: multiseriada (de pré a 4ª série) todos na mesma sala, Jardim, Pré, 1ª série, 2ª série, 2º ano, 3ª série, 4ª série, 5ª série e 1º ano do 2º grau.

Sou professora por opção porque adoro o ato de ensinar e aprender, o convivio com as crianças sentir a mundança e o crescimento acontecendo no dia a dia, ser o elo mediador entre aluno e conhecimento desafiando e apoiando para que o processo de aprendizagem aconteça o mais rápido possível. A experiência da alfabetização é algo indiscritível, só experimentando para saber a delicia da magia que é “o ver acontecer”.

 

A educação é um processo contínuo que toma o homem sobre sua responsabilidade desde a infância até a morte.

PROFESSORA LUCIA MARTINELLI

PROFESSORA LUCIA MARTINELLI
ATIVIDADES E PROJETOS